sexta-feira, 4 de maio de 2007

"O número 23" de Joel Schumacher - 2007

Se dependesse do trailler, o filme seria ótimo, mas não foi. Quando vi o trailler, esperava um filme diferente com uma trama surpreendente. Fiquei decepcionada. Achei a estética do filme bem interessante, a trama no começo também, mas o final..pff..o final não fugiu daquele velho método de inventar um final que o expectador jamais poderia desconfiar porque as pistas levavam para outro desfecho. Odeio quando nos fazem de idiotas no filme, a gente saí do cinema revirando o olho e decepcionado com o que assistiu. Acho que a grande diversão era procurar números 23 ao sair do cinema e nas datas comemorativas da nossa vida, se a gente forçar como o personagem, encontra. hehehe
Não gostei do filme, mas os recursos visuais que vem sendo utilizados nos filmes recentes, como esse e como em 300 e até em propagandas, parecem trazer uma nova proposta de estética visual.
Inovação! Boa!

Um comentário:

Palhastro disse...

A coisa da estética visual é massa mesmo, mas o final do filme é uma bruta traição para com o público.